Ouça ao vivo

840 AM

106.1 FM

105.1 FM

Rede Excelsior de Comunicação utiliza inteligência artificial como ferramenta de auxílio no campo do trabalho

ChatGPT e inteligências de auxílio áudio visual inauguram a cooperação com instrumentos de inteligência artificial na emissora

A Rede Excelsior de Comunicação está adotando inovações como parte do seu processo de modernização e aperfeiçoamento da programação, com o objetivo de oferecer conteúdo de qualidade aos ouvintes. Recentemente, se iniciou nos ambientes de trabalho da emissora a construção de uma cultura de cooperação com inteligências artificias disponíveis no cenário tecnológico atual, a exemplo da tecnologia do ChatGPT e outras soluções de IA do cenário áudio visual.

Programação aprimorada com a ajuda do ChatGPT

Uma das aplicações dessa colaboração foi a pesquisa e aperfeiçoamento da programação da Rede Excelsior de Comunicação. Através do ChatGPT, a emissora explorou possibilidades de questionamentos ao ouvinte, buscando novas ideias e formatos de programas, em consideração as preferências e interesses do público. Como resultado da interação da equipe da emissora com a IA no processo de pesquisa, o espelho dos programas “Pega a Visão” e “Fora da Caixa” foi criado com a assistência do ChatGPT, permitindo um planejamento mais eficiente e uma produção de conteúdo mais alinhada com as demandas dos espectadores. Segundo o coordenador de Criação da Rede Excelsior, Danilo Alves, “a utilização desse tipo de ferramenta, certamente acelera todo um processo que poderia demorar dias. O ChatGPT é muito rápido e nos dá inúmeras possibilidades de pesquisa, podendo criar propostas bem direcionadas a depender de como fazemos as perguntas. A experiência está sendo incrível e muito dinâmica”.

Inteligência Artificial na produção de vinhetas e operação de áudio

A emissora também está incorporando a inteligência artificial em seu setor de operação de áudio. O setor tem se familiarizado com o uso de tecnologias de IAs na criação de vinhetas inovadoras, enriquecendo a experiência auditiva dos ouvintes e do público da Rede. O operador de áudio da FM 106.1, Marcos Santiago, reflete que “no começo tudo é conhecimento para a adaptação à inteligência artificial, mas após a pratica acontece uma integração a ela através de um letramento digital e um entrosamento que promove praticidade na produção de matérias de áudio”.

Modelagem e gerenciamento de mídias sociais

Além das áreas de programação e áudio, as inteligências artificiais estão desempenhando um papel de ajuda com o gerenciamento da equipe nas mídias sociais da Rede Excelsior. Neste setor, a IA ajuda a identificar tendências, otimizar o conteúdo, aumentar o engajamento dos seguidores e produzir legendas acessíveis. Um dos responsáveis pelas mídias sociais da emissora, João Victor, destaca que “as inteligências artificiais, em especial o ChatGPT, vem se figurando no cenário digital como ferramentas necessárias no auxílio de construção de legendas e conteúdos sociais sustentados por uma gramatica digital, muitas vezes não naturalmente acessada pelo criador de conteúdo”.

Novo setor de experiência do ouvinte em Outubro

Uma das inovações que trará atualização para o público ouvinte é a criação de um novo setor de experiência do ouvinte, que resultará da modelagem avançada dentro de uma ferramenta de inteligência artificial. Esse setor, que entrará em vigor a partir do mês de novembro, visa recepcionar de modo mais qualificado a experiência dos espectadores e ouvintes da Rede Excelsior de Comunicação, manifestada por meio de ligações, postagens nas redes sociais e interações na programação.

Auxílio em diversos setores da emissora

A colaboração com a inteligência artificial não se limita apenas à criação de conteúdo. A IA está sendo empregada em diversos setores da emissora, desde o relacionamento com o ouvinte até a reformulação de processos internos. Na última terça-feira, os coordenadores de setores estratégicos submeteram os objetivos do planejamento estratégico (2023 -25) à ferramentas de IA, a fim de obterem aprimoramento para a resolução dos problemas.  Segundo o padre Danilo Pinto, diretor-geral da Rede Excelsior, “a utilização das inteligências artificiais nos ajudará a otimizar processos, organizar dados, calibrar textos, qualificar o brainstorm, economizar tempo e recursos, além de permitir uma complementação ao esforço humano criativo e insubstituível”.

A cooperação entre a emissora e a inteligência artificial demonstra o compromisso da Rede Excelsior em busca de modernização e inovação para se manter em diálogo com o ambiente de comunicação contemporâneo, oferecendo conteúdo de alta qualidade e experiências envolventes para seu público. À medida que a IA continua a desempenhar um papel cada vez mais importante em diversos setores, a Rede Excelsior de Comunicação está pronta para colher os benefícios dessa colaboração oportuna.

0%

Arrecadação do mês

0%

Arrecadação do mês

Rede Excelsior de Comunicação